sábado, 16 de fevereiro de 2019

A propósito do COVA-GALA/NAVAL1893 de amanhã

Carta aberta de Pedro Agostinho Cruz:


A minha paixão pelo futebol popular é do tempo em que Jorge Costa era como o Vinagre, o Secretário era como Rui Camarão e o João, bem o João Camarão não era como ninguém. Era uma jogador diferente de todos os outros, cabeça levantada, peito para frente, rasgava o campo como um bote rasga o Mondego.
Cresci na bancada de areia a ver o Cova-Gala, sem Ronaldos nem Messis. Os meus craques eram estes: o João Camarão, o Gaffas, o Bertier e o João Carlos - este último ainda dá o ar da sua graça com 47 anos. Incrível!
As pevides eram as batatas fritas e no meio deste reboliço temporal sem dar por isso já alimentava o meu gosto pelo jornalismo. Domingo era dia de futebol. Ponto final!


Naquele tempo o ponto de encontro era o Dory, o café do meu tio. Partilhávamos os dois a paixão pelo futebol popular. Pelo Cova-Gala.
Anos depois dei por mim a seguir a equipa de Juniores. Que equipa caramba!
O Custódio Cruz, era o meu Mourinho da distrital: Lambreta, Fábio, Tuka, João Daniel, João Vasvo , Dany, Rafa, são nomes de alguns dos protagonistas que nos fizeram sonhar. Amanhã, parte deles vão estar a pisar o pelado do sintético prometido. Uns defendem as cores da cidade outros da aldeia. Sim também passa por ai este derbi inédito. 


Hoje, falamos dos bebés do Bruno Lage. Esqueçam isso! Falem-me dos bebés dos manos Camarão: o Zé Pedro, o João Pedro Camarão e João Carlos Jr. que foram campeões distritais pelos infantis do Cova-Gala e que tantas alegrias nos deram domingo após domingo, onde as duas mãos não chegavam para contar o número de golos que esta máquina fabricava constantemente. Amanhã, são estes os homens que nos vão fazer sonhar.
Sintam, amem o jogo como o nosso “Lhitas” ama o Cova-Gala. Fintem as adversidades como o João Carlos fintou a morte. Mostrem do que somos feitos - homens do mar.
Amanhã, a esta hora o impossível está apenas a um passo da vossa superação. Lembrem-se das palavras do “Lhitas” só isso.
A nossa identidade, carácter terá sempre um nome - GRUPO DESPORTIVO COVA-GALA.

domingo, 21 de outubro de 2018

"Por uma Fraterna União"

«O trabalho em equipa é o segredo que faz com que gente comum consiga resultados pouco comuns» (Ifeanyi Onuoha).
Vimos por este meio agradecer, a demonstração de força do que é o trabalho de equipa!
Hoje graças a ti, a vós, a nós, fizemos o impensável, o impossível!
Voltamos a ter condições (ainda não na sua totalidade) para reativar o campo de Futebol 7, desde os holofotes oferecidos pela junta, às maquinarias emprestadas, a senhora que fez as sandes, ao suor e dor de costas de cada uma das cerca de 100 pessoas que passaram para ajudar conseguimos voltar a fazer sonhar as crianças, conseguimos voltar a fazer com que a bola rolasse!!!
Que hajam mais demonstrações de "sociedade" como hoje podemos observar e vivenciar.

Uma palavra às pessoas da Figueira, de Buarcos, de Maiorca, da Leirosa e demais terras que nos vieram ajudar...
Este é o resultado final do trabalho de todos.
Ao José Macara Lima e a todos os sócios fundadores, esta é (para mim) uma das mais nobres e humildades resposta ao projeto que vocês iniciaram à 41 anos.
"Por uma Fraterna União"
PS.: Um abraço sentido ao meu amigo Lucílio Caneira, ele sabe bem porquê.
Bem hajam 💙💙💙💙💙
André Mora

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Grupo Desportivo Cova-Gala em risco de ter de fechar as portas...

Exmos. Senhores

Como sabem, após a desoladora tempestade que passou no concelho da Figueira da Foz, mais propriamente na Vila de São Pedro, o G.D. Cova-Gala se já tinha os seus dias difíceis, se neste momento não contar com o apoio institucional está pronto para fechar as portas.

Mais de 130000€ de prejuízo analisados por alto e em menos de 24h.

Convido-vos a passarem nas nossas instalações e sentirem o cenário apocalíptico que se assolou no nosso clube.

Sem outro assunto de momento,

André Mora
Presidente da Direcção

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Cova-Gala ganha no jogo de apresentação


Grupo Desportivo Cova-Gala apresentou-se aos sócios e simpatizantes com uma vitória por 5-0 frente ao Regalheiras de Lavos, equipa que vai disputar o Inatel de Coimbra.
Os seniores do Cova-Gala vão disputar o Campeonato Distrital da AF Coimbra.
No próximo fim de semana o GDCG recebe o Pedrulhense já a contar para o campeonato.
 

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

Cova-Gala também tem formação na vertente futebol de 11



"Passados 3 anos sem ter qualquer escalão de formação na vertente de futebol 11 e há 5 anos a esta parte que não competia no escalão de  iniciados, o G.D. Cova-Gala, reativou a competição de formação na vertente de futebol 11 e apesar das condições (Pelado) temos um grupo  coeso, forte.
Ontem no jogo de apresentação aos sócios, O G.D. Cova-Gala, recebeu e venceu o Povoense por duas bolas a zero com os golos a serem da autoria do Gonçalo e do Sérgio Mano."


Via Rui Mora

GRUPO DESPORTIVO COVA-GALA DE REGRESSO AO FUTEBOL DISTRITAL